A Swarovski respeita os direitos humanos de todos os que contribuem para a nossa atividade – tanto dos nossos colaboradores como de quem trabalha na nossa cadeia de abastecimento. Para garantir a transparência e manter o nosso cumprimento da legislação recente, preparámos a declaração seguinte.

No dia 1 de janeiro de 2012, a Lei da transparência nas cadeias de abastecimento da Califórnia (California Transparency in Supply Chains Act) de 2010 entrou em vigor no Estado da Califórnia, EUA. Esta lei visa aumentar a quantidade de informações disponibilizadas pelos fabricantes e retalhistas sobre os seus esforços para enfrentar o problema da escravatura e do tráfico de seres humanos. Assim, os consumidores podem fazer escolhas mais adequadas e informadas quanto aos produtos que compram e às empresas que decidem apoiar.

No dia 29 de outubro de 2015, a Lei da Escravatura moderna de 2015 do Reino Unido (United Kingdom Modern Slavery Act 2015) entrou em vigor a fim de evitar a ocorrência da escravatura moderna nas cadeias de abastecimento de empresas e organizações. Esta lei exige (entre outros) que determinadas empresas emitam uma declaração anualmente que indique que medidas adotaram para garantir que não há escravatura moderna na sua atividade nem nas suas cadeias de abastecimento.

A Swarovski Crystal Business (Swarovski) opõe-se à escravatura e ao tráfico de seres humanos e define os seus princípios fundamentais com vista a conduzir a sua atividade de forma lícita e ética e a apoiar o direito de todos os indivíduos de serem livres de escravatura e de qualquer tipo de trabalho forçado no local de trabalho.